2 de jul de 2012

A batalha

E como sempre nos surpreendemos com a vida, com as pessoas e acima de tudo com as situações...
...Sempre venho aqui criticar, questionar e desabafar sobre atitudes masculinas, mas ultimamente andei analisando bastante o universo masculino, digamos que estes dias convivi muito com estas criaturas...um distinto do outro, pude analisar falhas, erros e acertos de ambas as partes na "luta" entre :         "MACHÕES" X "SENSÍVEIS"...e só assim vi que nenhuma verdade é absoluta, mas também nem todas as mentiras são exatamente falsas.
Quem foi que disse que homem não chora?...Ah não conhece verdadeiramente um coração enfeitiçado...
E quem foi que se atreveu a falar que todas as mulheres são sensíveis e amorosas? A expressão "Nunca julgue um livro pela capa"...jamais se encaixou tão bem como agora...
Sinto vergonha por estas mulheres que se fazem de injustiçadas, traídas ou mal-amadas e acabam um relacionamento jurando  não mais voltar até que ela liga, manda um SMS e tenta de todas as formas reatar...fazer isso uma vez já é totalmente insano, agora perder as contas de quantas e tantas...já é "cafajestagem"  da pior espécie...a FEMININA...
...E á aí que ele chora, talvez já por estar acostumado a ter tão pouco não consiga imaginar sua vida sem "aquilo" que não se decide se vai o querer assim do jeito que ele sempre foi ou vai deixá-lo livre desse feitiço para que encontre a verdadeira felicidade ao lado daquela que não o faz derramar lágrimas e sim enxuga-ás mesmo de coração partido...E que possa ser a sua Cinderela do anel novo, pois naquele que ela usava há algo recoberto por uma nuvem escura de tristeza e dor talvez um novo tamanho seja necessário para se adequar as mudanças que são indispensáveis.
Existem mulheres e mulheres, homens e homens e cada vez compreendo mais os homens e entendo menos alguns tipinhos aí de mulher que querem ter razões sendo a parte obscura da história.


"Descobriremos o amor verdadeiro quando as lágrimas que forem derramadas sejam de emoção, alegria e prazer, pois o que realmente é real não causa tristeza a um coração."
(Dayane Santos)

Se botar teu amor na vitrine...

A gente procura, procura, se encanta, se ilude, acha que encontrou "o homem"...até que mais uma vez nos decepcionamos e cada vez aumentamos a certeza de que "quase todos" são iguais...e aqueles que são diferentes são tão raros quanto diamante...ou seja é bem difícil de encontrar.
Estamos vivendo em uma sociedade nojenta feita de mentira e hipocrisia de onde menos esperamos...fico sim revoltadíssima, podem até dizer: "que blog mais feminista, mas não é, só deixo aqui tudo que penso, ou não tenho coragem de falar, a escrita é a minha válvula de escape da solidão, angústia, tristeza, alegria, raiva e etc...
...Mulheres como as vezes se tornam tão ingênuas, aquelas que vivem com seus maridos tenham a certeza....quase todos traem, e o pior é quando nem desconfiam e só acreditam no amor achando que seu "querido" só tem olhos para ela...quanto engano...a vida está indo de um jeito que têm umas até que sabem de "seus enfeites", mas fingem que nada acontece para ter um "MARIDO"...
Até quando vamos ser bobas ao ponto de aceitar migalhas de amor, ou dinheiro, com o pensamento: "Ele se diverte com elas, mas é a mim que ele diz que ama"...Nunca parou pra pensar que ele pode dizer o mesmo para aquela com quem ele sai?...E aí quem ele ama??...Difícil de responder, talvez uma ou a outra, ou as duas, ou quem sabe "NENHUMA", talvez o que ele ame é o prazer pelo proibido, ou o perigo, ou quem sabe a roupa passada em cima da cama prontinha para vestir, ou aquela comida saborosa...E aí está o clímax da história...nem ele saiba que não ama as pessoas e sim o que elas o fazem sentir ou ter.
...São inúmeras possibilidades, deixando bem claro que aqui não estou criticando os homens e sim as mulheres que estão se deixando ganhar por tão pouco, numa vida que tem tanto a oferecer...Eu sei que é complicado, em nenhum momento falei de facilidades, mas o que nos resta é a nossa escolha...se está bem assim, continuem assim, mas se não está não use rótulos e propagandas falsas para demonstrar algo que não te trás prazer.


"O tempo passa o mundo gira e as pessoas?...Continuam a me surpreender negativamente"
(Dayane Santos)