2 de jul de 2012

A batalha

E como sempre nos surpreendemos com a vida, com as pessoas e acima de tudo com as situações...
...Sempre venho aqui criticar, questionar e desabafar sobre atitudes masculinas, mas ultimamente andei analisando bastante o universo masculino, digamos que estes dias convivi muito com estas criaturas...um distinto do outro, pude analisar falhas, erros e acertos de ambas as partes na "luta" entre :         "MACHÕES" X "SENSÍVEIS"...e só assim vi que nenhuma verdade é absoluta, mas também nem todas as mentiras são exatamente falsas.
Quem foi que disse que homem não chora?...Ah não conhece verdadeiramente um coração enfeitiçado...
E quem foi que se atreveu a falar que todas as mulheres são sensíveis e amorosas? A expressão "Nunca julgue um livro pela capa"...jamais se encaixou tão bem como agora...
Sinto vergonha por estas mulheres que se fazem de injustiçadas, traídas ou mal-amadas e acabam um relacionamento jurando  não mais voltar até que ela liga, manda um SMS e tenta de todas as formas reatar...fazer isso uma vez já é totalmente insano, agora perder as contas de quantas e tantas...já é "cafajestagem"  da pior espécie...a FEMININA...
...E á aí que ele chora, talvez já por estar acostumado a ter tão pouco não consiga imaginar sua vida sem "aquilo" que não se decide se vai o querer assim do jeito que ele sempre foi ou vai deixá-lo livre desse feitiço para que encontre a verdadeira felicidade ao lado daquela que não o faz derramar lágrimas e sim enxuga-ás mesmo de coração partido...E que possa ser a sua Cinderela do anel novo, pois naquele que ela usava há algo recoberto por uma nuvem escura de tristeza e dor talvez um novo tamanho seja necessário para se adequar as mudanças que são indispensáveis.
Existem mulheres e mulheres, homens e homens e cada vez compreendo mais os homens e entendo menos alguns tipinhos aí de mulher que querem ter razões sendo a parte obscura da história.


"Descobriremos o amor verdadeiro quando as lágrimas que forem derramadas sejam de emoção, alegria e prazer, pois o que realmente é real não causa tristeza a um coração."
(Dayane Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário