27 de mar de 2011

INDECISÃO

Quantas oportunidades perdemos devido a um momento de indecisão?
Quantos não's?
Quantos sim's?
Quantos amores não vividos? quantos vividos e arrependidoS 

do sim ou do não???
Dizem que Indecisão é quando sabemos muito bem o que

 queremos mas achamos que deviamos querer outra coisa.
Difícil? Acredito que não!
POis, acredito que dói muito mais o arrependimento de algo que não fizemos do que de algo que fizemos.
Quantas profissões deixamos de conhecer pela nossa indecisão???
Quanto mais nos conhecemos mais decididos ficamos, pois quando decidimos assumimos o risco.
Nosso poder de barganha aumenta! 
Nossa criatividade extrapola porque quando estamos decididos somos positivos.
E pessoas positivas sabem que o fracasso não existe e significa que traçamos algo errado, que pegamos o caminho errado.
Mas acredito que a indecisão no inicio e quando controlada ela nos educa. Primeiro porque as vezes " quebramos a cara " e mudamos
de tática ficamos mais experientes e consequetemente mais decidos.
Acredito que a indecisão seja filha do medo, do receio, da falta de coragem... da insegurança.
Sabemos sempre que : Pode dar certo! OU pode não dar certo! e ai??
Ficaremos parados esperando o tempo e a vida passarem em nossa frente??
O dia a dia sempre nos dá uma oportunidade para ter um momento ou uma palavra de decisão.
Aprendendo a lidar com a indecisão estamos aprendendo a pensar sempre um pouco mais antes de agir, falar ou decidir.
Pense nisso!
E sugiro que decida ser feliz! 
você merece!


bEIJO,bEIJO,bEIJO...fuii

3 comentários:

  1. como minha própria postagem me ajudou agora!!

    ResponderExcluir
  2. Eiita indecisão viiu....isso me pertuuba tanto.. Mas pq será q nós queremos tanto ser felizes, e quando a felicidade aparece..temos tanto medo: :S

    ResponderExcluir
  3. Sabe Day,meu sobrenome é Indecisão. kkk
    E as vezes fico a ponto de fazer uma coisa,ou até mesmo gritar ao mundo o que realmente sinto, e de repente bate aquele medo, medo de se arrepender.Eu vivo dizendo: -É melhor se arrepender do que se fez, do que aquilo que não se fez; porém quando chega na prática acontece tudo bem diferente;
    Eita vida!

    ResponderExcluir